terça-feira, 23 de setembro de 2008

Etapa do nada

Hoje nao há fotos nem consigo actualizar as etapas, nao me permitem o acesso à porta USB.
Estamos bem e chegámos a Soto de La Lunia, nas Asturias.
Estamos a 277 km de Santiago.
Esperamos poder dar noticias com fotos amanha quando cgegarmos a Luarca.

4 comentários:

Pata Negra disse...

Gaita! Já estava a ficar preocupado! Não que temesse que fossem raptados por um comando da ETA, temia era que o passassem a integrar. Com já estão nas Astúrias, fico mais descansado. Na volta não se esqueçam, passem em Ourense!
Um abraço e pomadas para as partes fracas

caminheiro sentado disse...

Salvé valentes velonautas, não há espanhas suficientes para vos travar a pedalada. Sinto-me um maricon dedilhando estas teclas com as nalgas apoiadas na cadeira estofada em lugar de amaldiçoar-mos em conjunto o selim das pasteleiras numa qualquer aldeia asturiana ao cair da tarde bebendo quantidades indescritiveis de cidra...

`A espera da Liberdade disse...

Enquanto observava verifiquei que:
O caminheiro sentado em casa tem personalidade dupla...;
Os caminheiros sentados nas burras estão zangados porque afinal não são livres, pois assim que deixam de postar, saltam os amigos e outros bloguistas tudo a chatear PARA SABER ONDE É QUE ANDAM!
Pelas Filipinas há quem saiba português e nós ficamos comovidos.
Eu à espera e NÃO FAÇO NADA?!! Observo e mantenho-me à espera.

Caminhantes, o melhor ainda está para vir, sempre.
Saudações.

Camolas disse...

Companheiro Pata Negra a internet por estas bandas anda um bocadinho atrasada. Um abraço

Caminheiro Sentado, cheiro-te à lègua.Abraços tb.

À espera da Liberdade, nao esperes sentada vem daí, temos um copo à tua espera.